terça-feira, 26 de outubro de 2010

Quando me disser um “eu te amo”, por favor, que ele seja verdadeiro, assim como os “juntos para sempre” ou os “conta comigo”.
Não quero amores falsos e promessas fúteis. Quero coisas reais, pessoas reais e juras eternas. Quero saber que o que me diz é sincero e poder te abraçar com um sorriso de quem tem plena certeza disso.
Quero poder te dizer o mesmo e saber que você merece ouvir isso, porque é diferente, porque é especial.
Quero sentir sinceridade em seus olhos e leveza em suas palavras e poder ter certeza de que não há nada mais puro do que o seu coração. Quero te amar e confiar em você. Fazer valer a pena e ver que você tenta fazer também.
Me de as mãos e vem comigo, vamos construir um mundo nosso, sem olhar pra trás.

Porque o que é bonito me encanta, mas o que é sincero, me fascina. - Clarice Lispector

Nenhum comentário:

Postar um comentário