terça-feira, 26 de outubro de 2010

if i just lay here would you lie with me and just forget the world?


O céu estava um azul claro e bem limpo, a grama parecia um tapete de tão verde e o sol brilhava com intensidade. Estavam deitadas e apenas observando tudo ao redor. Conversavam sobre coisas bobas e confidenciavam segredos. Riam alto e sentiam a seriedade em certos assuntos.
Elas sabiam que a conexão que possuíam era maior do que qualquer uma já vista, sabiam que por mais que o tempo passasse e tudo mudasse estariam sempre ali, juntas. Já não era mais questão de amizade, era irmandade, algo tão forte e profundo que nem ao menos elas conseguiam explicar.
Estavam apenas deitadas, esquecendo do mundo e se concentrando apenas nelas e na amizade que tinham. Não precisavam espalhar o mundo aquilo, nem exagerar em declarações, pois sabiam o que era delas e o que tinham.  Se amavam, respeitavam e completavam. Por mais que todos fossem contra e o mundo ao redor gritasse que não, tinham certeza absoluta de que aquilo não se iria nunca, porque é assim que tinha que ser.
Algumas amizades se vão com o tempo, outras se desgastam, mas a delas não se iria e nem desgastaria, porque era delas. Porque era um sentimento profundo e sincero, porque era apenas daquilo que elas precisavam. A certeza de que no final sempre teriam uma a outra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário