sábado, 18 de setembro de 2010


Há quem diga que mudanças são coisas ruins, eu prefiro falar que são as mudanças que fazem com que as situações e pessoas no geral tenham um “sabor” diferente.

Fico impressionada ao ver o quanto é grande a capacidade de mudar de algumas pessoas. Algumas jogam tudo o que tem na mão para poder provar que estão certas e acabam se vendo em uma situação sem saída. Certas e sozinhas.

Outras simplesmente mudam suas virtudes para não se encontrarem sozinhas no futuro, passam por cima de si mesmas, para poder continuar com suas vidas cômodas.

Algumas mudanças acontecem de maneiras tão inesperadas que quando chegam se tornam um verdadeiro escândalo.

Mudança é o sinal de que as pessoas estão crescendo e amadurecendo, mas até que ponto isso é bom?

Você vai sempre preferir algo inesperado de alguém ou de alguma situação, senão nada teria graça de verdade, mas o problema é quando essas situações passam dos limites.

Aceitar que se está crescendo é algo respeitável, que poucas pessoas fazem, conviver com suas transformações sem surtar é que é o grande problema.

A rotina de todas as pessoas esta sujeito a alguma reviravolta a qualquer momento assim como nossas personalidades também. O que me intriga é como mudamos sem ao menos notar.

Amigos que se vão, ou aqueles que simplesmente te deixam quando se é mais preciso, famílias que preferem competir a se amar e até mesmo amores não correspondidos podem transformar não só quem é por fora, podem mudar nossas almas.

As pessoas mudam a cada dia que passa, por bobeiras ou coisas sérias, é a lei natural da vida. Pessoas que deixaram sonhos pra trás, suportaram um passado que preferiam esconder ou simplesmente se entregaram aos seus desejos sem se importar, o mundo é feito de pessoas diferentes e cada uma com sua história e seus segredos e são as mudanças que as deixam mais e mais interessantes.

Conviver consigo mesmo ao meio de tudo isso pode ser mais complicado do que se imagina. Controle suas feras, aprenda com o mundo ao seu redor e cresça, pois são suas atitudes que formam seu caráter, e suas pequenas mudanças diárias que formam você por inteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário