segunda-feira, 27 de setembro de 2010

2010 foi o ano da copa, o Brasil torceu e vibrou ate o momento final. Via-se na rua carros com bandeiras, camisetas com a cor de nossa bandeira em todos os lugares e pessoas exaltando o amor ao nosso país. O Brasil perdeu o seu jogo das quartas de finais. A copa acabou e parece que com ela todo o patriotismo que tínhamos.
O que as pessoas esquecem é que 2010 é ano de eleição. E que não é porque o Brasil perdeu a copa que devemos deixar de honrar, amar e respeitar a nossa pátria. Agora sim é a hora de erguemos as bandeiras e lutar por algo que realmente importa.
Os brasileiros têm costume de idolatrar apenas os países da Europa, America do Norte e esquecem o quão lindo é o nosso país. E agora é à hora de decidirmos quem vai reger e cuidar do que o nosso. Chegou à hora de escolhermos quem vai representar com dignidade a nossa bandeira e lutar por nós.
O que as pessoas têm que aprender é que: não é um jogo de futebol que importa. O que importa é o que os nossos governantes estão fazendo por nós, o importante é ver se eles realmente se interessam pela população e não apenas pelo dinheiro publico.
E é 2010, escolhendo nosso (a) futuro (a) presidente com consciência que provaremos nosso verdadeiro amor e orgulho em morar nesse país. Portanto, não vista uma camiseta ou erga uma bandeira apenas para mostrar que torce pelo seu time na copa, faça isso também para mostrar que tem paixão pela sua pátria. Analise ao máximo todos os candidatos, para poder fazer uma escolha consciente. E vote sabendo que aquele voto pode mudar o destino do nosso país e ajudar a vê-lo crescer e progredir como deve ser. Mostra patriotismo na hora em que mais precisamos dele.
E tenha sincero orgulho de poder dizer : EU SOU BRASILEIRO.

sábado, 25 de setembro de 2010

Dizem que o amor verdadeiro só se encontra uma vez na vida. Algumas pessoas preferem acreditar que ele simplesmente não existe enquanto outras correm atrás com tanta intensidade que simplesmente o encontram a cada semana, em cada pessoa diferente que as fazem rir.
Nos dias atuais as palavras "eu te amo", tão desejadas por mulheres antigamente, se tornou tão comum e banal que já é difícil de acreditar. Todos ao nosso redor nos dizem que a vida sem amor não é nada e que devemos procura-lo para poder encontrar a felicidade. Mas como saber que é realmente amor e que realmente vale a pena?
O amor é algo que mexe com a sua alma e o seu coração, algo que há deixa tão desnorteada que por mais que você saiba que aquilo não é certo, você quer insistir, você precisa disso. Amor é algo que não lhe deixa, que a faz pensar somente nele e mais ninguém. Amar é querer estar perto sem temer o que pode acontecer, é se sentir sozinho no meio de uma multidão por a pessoa amada simplesmente não estar lá. Amar é querer abraçar e sentir a pessoa tão perto como se nada e ninguém a pudesse tirar de você. É dançar sozinho de felicidade por aquele telefonema ou chorar baixinho ao ver que tudo esta dando errado. Amar é se entregar de uma maneira sem voltar e desejar todos os dias poder ser o motivo do sorriso do outro. 
E eu te digo, que o dia que você sentir isso, você estará amando e poderá dizer com toda a sinceridade: EU TE AMO!
Porque amar é mais do que 3 palavras, o amor é a sua vida e a sua alma dividida de tal forma com outra pessoa que apenas aquilo lhe bastará para te fazer feliz.



oh that's alright because I love the way you lie

quarta-feira, 22 de setembro de 2010



Já caí inúmeras vezes, achando que não iria me reerguer,  já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.


Clarice Lispector



- Amiga, obrigada por tudo o que você já fez por mim

- Que isso minha linda, você sabe que eu te amo e to aqui sempre

- Ama mesmo?

- Lógico que sim

- Eu confio muito em você, promete que nunca vai trair isso

- Eu prometo

- A nossa amizade é pra sempre né?

- Lógico que sim sua boba


Depois disso ela aprendeu da pior forma possível que algumas amizades simplesmente não são para sempre, viu seus segredos expostos e sua amizade acabar. Na hora em que mais precisou sua "amiga" simplesmente a deixou ela com a cara no chão. A fez aprender que algumas pessoas simplesmente não são confiáveis e que as vezes é realmente melhor andar sozinho do que mal acompanhado.
Hoje em dia ela já não se entrega como antes e ao ver aquela suposta amiga, sua felicidade virou nojo. Acontece nas melhores (piores) amizades

Com o tempo aprendi que não importa o que aconteceu, se lamentar pelo o que foi dito e feito não adianta em absolutamente nada.
Toda ação tem uma reação na mesma proporção, pelo menos é o que dizem e o que eu vejo, não importa o que aconteceu tudo sempre vai voltar de alguma maneira. Se você fez algo bom ou ruim saiba que receberá o mesmo.
A vida sempre nos dá lições ao qual temos que aprender, não tem como fugir disso e o melhor a se fazer é aceitar e aprender.
Tudo na vida é uma fase, tudo acaba passando de alguma maneira, sendo bom ou ruim, o que se deve fazer é seguir sempre de cabeça erguida.
O tempo não vai apagar o que aconteceu ou foi dito mas vai tirar isso da suas prioridades e de alguma maneira, ao passar dos dias, você vai se esquecer de tudo o que lhe perturbava no passado.
Os erros só vem para lhe ensinar mais e te fazer perceber que as coisas nem sempre são como você gostaria.
Mas tudo passa, e o que você pode fazer é aprender e não errar mais, começar de novo, com um espírito novo e uma sensação de maturidade que cresce a cada etapa superada da sua vida.
Isso acontece com todos, independente de raça, religião ou status. E é saber de tudo isso que me faz seguir em frente sem medo .

terça-feira, 21 de setembro de 2010


Hoje decidi pensar mais em mim. Que todas as pessoas falem as bobagens que quiserem ao meu respeito, mas que acima de tudo me respeitem. A cada dia que passo tento melhorar em algo, ser mais cuidadosa com alguns atos e palavras, tento fazer tudo da maneira certa e ninguém fala nada, porém, basta eu errar para ter pessoas ao meu redor para apontar e aumentar o meu erro.
Talvez eu tenha cansado de me desculpar por tentar apenas viver a minha vida da melhor maneira que eu encontrei. Cansei se me preocupar se tal ato vai machucar alguém ou não sendo que percebi que poucas são as pessoas que se preocupam da mesma maneira comigo.
Hoje eu acordei mais decidida, mais forte, mais mulher e a de agora em diante eu vou acordar para poder fazer algo valer a pena. E irá valer, cada dia da minha vida, valerá muito a pena. Ela estará sempre em primeiro lugar e nada será mais precioso do que a minha felicidade.
Porque se eu não mudar, ninguém mudará por mim.




Em um futuro próximo andarei pelas ruas com uma amiga, estarei contando sobre meus casos passados e de como eu fui inocente. Iremos rir de maneira infantil e refletir sobre como não mudamos nada. Eu estarei mais feliz e com uma áurea tão calma que será perceptível.
 Talvez eu me lembre de você e a conte sobre o nosso amor. Lembrarei sobre como ele era puro e intenso e talvez ate me pergunte sobre como ele acabou.
Poderei estar casada ou não, com filhos ou não, mas estarei feliz. Quem sabe você não esteja caminhando com a gente, de mãos dadas comigo, com ela ou apenas nos acompanhando como velhos amigos.
Nesse dia eu me sentirei mais leve por poder lembrar-me do passado e rir de maneira calma. Meus olhos estarão com um brilho que há tempos não era visto e meu sorriso será tão puro que talvez contagie.
Nesse dia eu quero poder saber que de alguma maneira tudo valeu a pena e ao olhar para o lado poder ver os meus amigos que eu dizia ser eternos.
Andaremos por um tempo e iremos refletir sobre como a vida passa rápido e quantas besteiras nós fazemos ao longo dela. Queria saber que você estará presente, nem que seja em uma lembrança boa.
E ao chegar a casa eu irei saber que apesar de tudo, eu consegui uma vida harmoniosa e prospera e sorrirei sozinha.
Não sei o quão longe esse dia esta, só sei que ele ira chegar num futuro aonde tudo será mais fácil e repleto de alegrias, e de certa forma eu espero por ansiosamente por ele.
Me de as mãos e caminhe comigo. (:
Ela entrou na escola decidida que tudo seria diferente. Seus ciúmes e suas raivas anteriores já não existiam. Já não tinha lógica afinal.
Seus olhos estavam abertos com certa força, nunca fora uma menina matutina, carregava seus materiais com certo desanimo, mas andava sempre com a cabeça erguida e atenta a tudo a seu redor de alguma maneira.
Seu perfume estava mais fraco hoje, mas ainda era perceptível e lhe trazia um ar de calma, seu cabelo estava preso em um coque levemente bagunçado, e seu jeans novo contrastava com seu tênis surrado.
Andava até a sala sem pressa, mas com certa determinação.
Suas primeiras aulas foram como o esperado, cansativas, irritantes e longas o suficiente para poder colocar todos os assuntos em dia com suas amigas.
Estava ansiosa, esperava o intervalo de maneira que nunca esperou antes. Conferia o relógio de 5 em 5 minutos. O sino bateu.
Desceu em seu ritmo, sempre conversando com suas amigas, mas ao mesmo tempo atenta ao seu redor. Ate que viu o que vinha lhe incomodando desde a noite passada.
La estava ele sentado, conversando com uma tranqüilidade que lhe soava falsa. La estava ela ao seu lado, olhando com cara de quem havia vencido, e sempre ao se virar para ele, com cara de quem precisava de carinho e era injustiçada.
Isso lhe subia o sangue de tal maneira que nem ela conseguia explicar. Fingia ser indiferente, superior a tudo aquilo. Sabia que não era.
Passava de um lado para o outro, mesmo quando não era necessário para ver se chamava atenção, dele.
Ele conseguia fingir indiferença melhor do que ela. Isso a incomodava. Mas havia planejado que seria diferente a partir de hoje. Respirou fundo algumas vezes e com certa desconfiança aproximou-se e cumprimentou.
Não olhava na cara da outra garota, mas prestava bastante atenção em todos e fixava seu olhar nele.
Sua boca ficava seca e sentia seu corpo querendo ir mais pra perto. Controlava-se. O sino bateu novamente, nunca 20 minutos foram tão demorados. Mal sabia ela que seria assim todos os dias a partir daquele dia.
Todos o dias age com superioridade, todos os dias engole a vontade de matar a menina disfarçada de santa e todos os dias, respira fundo, tentando encontrar alguma paz quando ele esta por perto.
Seus olhares já não são mais tão fixos, mas seu coração ainda bate de maneira que ela gostaria de controlar. Mas ela sabe que isso é uma fase e que vai passar.

sábado, 18 de setembro de 2010


Há quem diga que mudanças são coisas ruins, eu prefiro falar que são as mudanças que fazem com que as situações e pessoas no geral tenham um “sabor” diferente.

Fico impressionada ao ver o quanto é grande a capacidade de mudar de algumas pessoas. Algumas jogam tudo o que tem na mão para poder provar que estão certas e acabam se vendo em uma situação sem saída. Certas e sozinhas.

Outras simplesmente mudam suas virtudes para não se encontrarem sozinhas no futuro, passam por cima de si mesmas, para poder continuar com suas vidas cômodas.

Algumas mudanças acontecem de maneiras tão inesperadas que quando chegam se tornam um verdadeiro escândalo.

Mudança é o sinal de que as pessoas estão crescendo e amadurecendo, mas até que ponto isso é bom?

Você vai sempre preferir algo inesperado de alguém ou de alguma situação, senão nada teria graça de verdade, mas o problema é quando essas situações passam dos limites.

Aceitar que se está crescendo é algo respeitável, que poucas pessoas fazem, conviver com suas transformações sem surtar é que é o grande problema.

A rotina de todas as pessoas esta sujeito a alguma reviravolta a qualquer momento assim como nossas personalidades também. O que me intriga é como mudamos sem ao menos notar.

Amigos que se vão, ou aqueles que simplesmente te deixam quando se é mais preciso, famílias que preferem competir a se amar e até mesmo amores não correspondidos podem transformar não só quem é por fora, podem mudar nossas almas.

As pessoas mudam a cada dia que passa, por bobeiras ou coisas sérias, é a lei natural da vida. Pessoas que deixaram sonhos pra trás, suportaram um passado que preferiam esconder ou simplesmente se entregaram aos seus desejos sem se importar, o mundo é feito de pessoas diferentes e cada uma com sua história e seus segredos e são as mudanças que as deixam mais e mais interessantes.

Conviver consigo mesmo ao meio de tudo isso pode ser mais complicado do que se imagina. Controle suas feras, aprenda com o mundo ao seu redor e cresça, pois são suas atitudes que formam seu caráter, e suas pequenas mudanças diárias que formam você por inteiro.


Ela se sentia sozinha e desamparada de um jeito que nem conseguia mais explicar, precisava de alguém pra conversar, alguém que a ouvisse e que se não conseguisse ajudar, pelo menos a abraçaria e diria que tudo iria ficar bem.

Deitada em sua cama, ouvindo apenas o silêncio, viu-se completamente sozinha. Por mais que tivesse amigos para quem pudesse ligar, sentiu-se sem chão e por um momento pensou em como tudo chegou aquele ponto.

Parou para ver algumas fotos antigas, e sorriu ao lembrar-se de como tudo era mais fácil antes. Queria poder voltar no tempo. Olhou no relógio e viu que estava tarde, era 01h13min da madrugada e ainda não havia dormido. Seus olhos estavam cansados, sua mente não.

Sentia um ressentimento sobre aquelas pessoas que não sabia de onde vinha. Sentia uma falta maior ainda. Seu coração apertou. O vento frio que parecia lhe abraçar, pareceu amortecê-la de alguma maneira. Fechou os olhos lentamente e tentou dormir. Não conseguia.

Esperava que por algum milagre o tempo passasse mais rápido e aquela angustia fosse embora de vez. Sabia que não era bem assim.

As horas passavam e ela ainda estava lá, deitada, seus pensamentos a mil por hora.

Deveria ligar? Deveria mesmo esquecer tudo e apenas procurar alguém? Sentia medo. Medo de como tudo havia mudado e medo do que havia se tornado.

Abraçou com força seu travesseiro e por mais que não acredita-se no que estava fazendo, ela rezou. Sentia-se boba, por simplesmente estar fazendo algo fora de suas crenças, mas como não havia mais opções, foi o que lhe ocorreu no momento.

Fechou seus olhos e pediu por paz e sabedoria. Respirou fundo e deitou sua cabeça no travesseiro, ainda carregava aquela angustia, mas em meio aos seus pensamentos acabou acalmando-se.

Deitou com um só pensamento: ”Amanhã é um novo dia, tudo dará certo no final”, sentia-se forte com essas palavras e de alguma maneira dormiu. Sonhou com um futuro distante, um futuro que lhe acolhia de forma calma e que lhe trazia paz, e levemente ela sorriu.


Me de algo para acreditar, algo que me faça sentir que realmente vale à pena lutar por aquilo. Prove-me que o mundo pode ser melhor que isso e que as pessoas ao meu redor podem ser melhores do que isso.

Pegue-me pela mão e me leve a um lugar aonde as coisas são diferentes. Aonde ninguém me conhece ou me julga. Me leve para um lugar nosso, aonde ninguém pode me achar além de você. Beije-me infinitamente e me prove que toda a minha vida valeu a pena de algum jeito.

A minha mente esta girando cada dia mais rápido, e tudo o que eu quero é algo para poder me apoiar, e poder estar ao seu lado.

Abrace-me com calma, mas firme e me diga que tudo esta bem. Diga-me o quanto me ama e que a vida é mais que isso.

E por um instante meu mundo vai parar e eu serei sua. Pois com você eu sei que nada esta errado e que iremos recomeçar em um lugar melhor. Prove que me ame e saiba que estarei aqui, no nosso lugar secreto, no nosso doce mundo. Esperando por você e por todas as mudanças.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010


Era sexta-feira à noite e ela terminava de se arrumar. Uma roupa provocante, um perfume marcante, sua maquiagem iluminava seu rosto de um jeito que a deixava incrível. Seria uma noite de música, conversa e bebidas com as amigas. Seria tudo perfeito.

Subiu em cima do salto, quando escutou o telefone tocar. Quem seria àquela hora? Devia ser uma das meninas a apressando. Andou até o telefone com certo animo e quando o atendeu, seu sorriso foi ao chão. "Alô", dizia uma voz grossa e meio rouca e que ela reconheceria até debaixo d'água. Seu coração palpitou por um momento. Não podia ser não depois de tanto tempo, não depois de tanta discussão. Suas respostas eram curtas e trêmulas, sentia seu coração cada vez mais rápido. Sentia um medo trancar sua garganta e a adrenalina subir por suas veias.

Ele queria sair, conversar, ela hesitava entre a sua cabeça e suas amigas e o seu coração com ele. Respirou e disse com a maior convicção que pode: "Hoje não posso, me liga amanhã". Sentiu sua voz falhar no final da frase.

Ouviu a resposta positiva do outro lado e desligou o mais rápido possível.

Encostou-se à parede e respirava rapidamente. Uma mensagem chegou a seu celular, eram suas amigas querendo que ela fosse logo. Foi quando percebeu que sua conversa que pra ela havia sido tão rápida, havia durado uns 25 minutos.

Pegou a chave do carro, olhou para o telefone por um instante e saiu.Tudo girava a sua cabeça. Não sabia sobre o dia de amanhã, a única coisa que sabia é que essa noite iria se divertir e esquecer seus problemas. Por que sabia que amanhã eles voltariam, nem que fossem pelo telefone. Ligou o som e se deixou levar pela noite.

não tem melhor


terça-feira, 14 de setembro de 2010

o mundo tem tanto a lhe oferecer, agarre cada chance de ser feliz como se fosse a última. ame as pessoas e tudo ao seu redor, se ame acima de tudo e todos. arrisque-se e mantenha sempre sua cabeça erguida. hoje pode chover, amanhã abrirá o sol totalmente virado para ti.
viva e seja feliz

Ontem reli algumas de nossas conversas antigas. Passei algum tempo vendo o quanto a gente se gostava e todas as mudanças meses a meses. Não sei exatamente em que momento eu me deixei envolver demais sem notar que você se afastava cada dia mais.
Fico pensando em todas as noites em que passei em claro por você e em todos os sorrisos que você facilmente tirava de mim. Eu queria te contar todos os meus segredos e de um momento para outro você virou um deles. Não sei o que fiz de errado, nem o porque não conseguia despertar em você os mesmos olhares bobos e sorrisos que você tirava tão facilmente de mim.
Com o tempo nos afastamos de maneira tão brusca que a distância virou algo presente e que já não incomodava mais.
Eu não queria que você fosse perfeito, porque de alguma maneira, para mim você era, eu só queria que você estivesse presente e que devota-se a mim pelo menos um pouco do seu amor.
Hoje em dia eu vejo que por mais que eu tenha aprendido muito com tudo isso, e que no final tenha sido melhor assim, eu ainda sinto a sua falta. Mesmo com todas as feridas que você me deixou, mesmo com todas as noites chorando e perguntando por que tinha que ser assim, eu só queria que você soubesse que eu de alguma maneira ainda te amo. Você me tornou uma pessoa mais fria, com medo de se entregar, mas de algum modo você me mostrou também o quanto eu era capaz de amar alguém.
Talvez um dia eu volte a ser como antes, talvez um dia a gente se encontre na rua e se cumprimente com um sorriso e quem sabe, um dia, eu esqueça tudo isso e volte a amar como antes.

Enjoy


It’s almost summer and some people still look like they are in hell. Come on, wake up, put the bad mood down, and enjoy your life. Sing aloud your favorites songs and dance like anybody can’t see you. Smile. Just smile and maybe your life can be more colorful.

Some people just forget how beautiful the life can be and how gorgeous is the world around us. They just can’t remember that they can change the world, or, at least, they can change themselves. Your boyfriend is a jerk? Fuck him! You’re beautiful and the world is your, look for someone who really loves you, love for yourself and find you own love. Is your girlfriend a really narcissist person? Who only thinks about herself? Hey you are really hot guy; you can do better than this. Forget her and just enjoy. I could bet that there are a lot of girls who could die for you. Kiss all but just with love who really deserve.

Love your life, yours friends, your family. Love your smile and every single kind word. Be kind.

Remember that there is just one life, and pass so fast, you can’t lose this.

Come on, life is now! Turn the radio on, dress your better cloths, and go out. See the city and enjoy every moment.

Remember me! Cause I’ll never forget you.

Be cool and do you really wanna know? FUCK OFF what people thinks! It’s your life and it’s almost summer ;)

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

post especial


Esse é um post diferente, um post especial. Esse não é pra ninguém, só pra uma pessoa! Minha best linda.
Amiga, hoje é o seu aniversário e eu nem sei como começar a escrever pra você. A gente se conheceu em 2008, meio que por acaso, conversas aqui e ali e a nossa amizade cresceu de um jeito que nem a gente notou. Os dias com você com certeza eram mais felizes. As risadas, brincadeiras, bobeiras que só a gente entendia, as conversas bobas e sérias e as broncas quando necessário sempre nos deixaram muito ligada!
Sim, a gente já se afastou, já se brigou, e isso só serviu pra mostrar o quanto a gente realmente se ama e se respeita. Foi com você que eu tive meus melhores momentos, minhas melhores risadas, foram pra vocês os meus melhores conselhos e sorrisos mais sinceros.
Hoje em dia tá muito difícil sem a sua presença. Juro. Você faz uma falta no meu dia a dia que eu não consigo descrever. Mas só em saber que eu ainda tenho você mesmo com a distância já me deixa bem.
Nós temos as nossas dificuldades, distância, avó ;x haha mas a nossa amizade é maior que tudo isso.
E hoje eu to aqui pra te desejar FELIZ ANIVERSÁRIO! Muita paz, amor, juizo, carinho, amigos desde que eu seja a mais importante haha, prosperidade, dinheiro e festas! Eu desejo do fundo do meu coração que você seja sempre muito feliz e que todos os seus sonhos se realizem!
Você é a minha best, a minha melhor amiga, a melhor parte de mim, e eu te amo por cada detalhe da nossa amizade! *-*
Ano que vem tudo vai ser mais fácil, sem escola e com menos distância! *-* e então a gente volta a ser grudada de novo haha

To aqui sempre e pra tudo!
Eu te amo acima de tudo de todos! MINHA BEST LINDA....


...EU TE AMO!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010


Ela levantou-se de um sono profundo e conturbado, sentou-se na cama e levantando os braços pra cima se espreguiçou. Se sentia renovada para tudo o que lhe esperava naquela noite.
Levantou, olhou para os dois lados para ter certeza que estava mesmo absolutamente só. Pegou sua toalha e todas as suas coisas e foi tomar banho. Sentia a água morna descer pelo seu corpo como se estivesse lhe acariciando, por um momento desejou ficar lá pelo resto da vida. Não podia.
Saiu do banheiro e começou a caminhar para o quarto pensando em como deveria se vestir, afinal, ELE estaria lá. Não queria ser quieta demais pois queria mostrar que mesmo com o fim, ela estava bem, nem provocante demais, voltar agora não era a melhor opção e se mostrar vulgar era pior ainda.
Escolheu um vestido neutro, um sapato baixo e fez uma maquiagem que por mais que não chamasse atenção, a fazia parecer iluminada.
Saiu de casa tão confiante que até ela mesma acreditava que seu plano iria dar certo. Pensava seguidamente: "Ignorar e seguir em frente, ele não mexe mais comigo " quem lhe dera se fosse mesmo verdade.
Logo ao entrar na festa deu de cara com ele. Cada dia mais bonito na sua opinião. Seu rosto comprido e seus olhos escuros a fitaram de tal maneira que ficou tonta. O mesmo fez a namorada que estava ao lado.
Ficou vermelha ao ver que trazia consigo sua atual namorada, e desviou o olhar.
"Droga, ele mexe comigo. " pensava em desespero.
Chegou no bar, pediu tequila, tomava como se fosse água, afinal, algo tinha que lhe fazer distrair de tudo aquilo.
Quando se virou já era outra mulher, sem inibições, querendo apenas dançar até o dia clarear. Aqueles olhos que tanto incomodavam ainda estavam lá, fixados nela, mas isso já não incomodava, a fazia rir. E por uma noite ela lembrou de como era bom ser ela mesma, e de como toda aquela liberdade lhe fazia bem.
E ele? Ele ficou lá, olhando ela dançar, com sua namorada irritada ao lado, o que lhe fazia pensar " Meu Deus, por que fui deixar justo ela escapar".

"Essa noite eu quero ir mais além, eu não devo nada pra ninguém, vamos dar um tempo pra nós dois que a saudade vem melhor depois"

E quando os dois de olhavam sentiam o desejo aflorar, tinham vontade de se beijar ali mesmo, o pudor diminuia e o libido aumentava a cada toque, a cada troca de olhar. Conseguiam sentir a adrenalina em suas veias correndo cada vez mais rápido.
Suas imaginações estavam cada vez mais atrevidas e seus pensamentos voavam para outro lugar aonde eles realmente gostariam de estar.
Mas eles se controlavam, se seguravam de tal maneira que chegava a quase doer fisicamente, sabiam que não podiam, que não deviam nem ao menos pensar naquilo, era errado, ia ferir alguém de qualquer forma, mas a cada dia que passava aquela agonia aumentava mais e mais.
Não sabiam por quanto tempo iriam aguentar tudo aquilo. Nunca trocaram uma palavra sobre o assunto, mas não precisava, estava no olhar e em todos os movimentos. Era quase uma dança, daquelas que não se resiste.
Até que um dia se encontraram só, ninguém pra julgar, ninguém pra atrapalhar. Se olhavam fixamente, quase podiam ler o pensamento um do outro. Se aproximavam, a vergonha era grande mas o desejo intenso. Não se aguentaram, se beijaram profundamente, sentiam que aquele momento tão esperado não podia ter sido melhor. Não precisavam falar, seus corpos falavam por si.
Depois daquele dia nunca tocaram no assunto, deixaram aquilo guardado, sem testemunhas ou alguém que possa deduzir, mas levavam consigo aquela memória, e o desejo de"bis " .


Elas eram inseparáveis, tão amigas que chegava ser chato de ver. Contavam segredos uma pra outra, estavam sempre juntas e sozinhas. Afinal era uma pela outra e nada mais importava. Eram amigas até o fim.
Até que um dia algo mudou. Elas mudaram, a confiança foi se perdendo pouco a pouco e a amizade feliz ficou na memória, se falavam pouco, brigavam muito. A cada dia que passava se decepcionavam mais e mais uma com a outra e se afastavam mais ainda.
Sentiam que queria reverter isso, tentaram várias vezes e lutaram para que aquele fio de amizade que ainda restava não se rompesse. Mas já havia se passado tempo demais e acontecido coisas demais.
A confiança havia sumido e os dias felizes se tornaram lembranças tão apagadas por conta das brigas que acabaram por se evitar. Toda vez que se falavam acabavam brigando, desistiram de tentar.
Sabiam que tudo isso estava errado e que amizades daquelas não podiam acabar assim, mas não fizeram nada pra isso mudar. Hoje em dia elas convivem, com certa distância, com muita mágoa e com várias mudanças. Lembram dos dias felizes, mas sabem que não voltaram, hoje em dia elas sentem falta uma da outra, mas preferem que seja assim.
Estão felizes, cada uma do seu modo, mas não estão mais completas.

E se eu desmoronar?


E se eu desmoronar? Quem realmente vai estar ao meu lado? Quem realmente vai me abraçar e me fazer bem, me sentir segura?
Talvez um dia eu canse de me fazer de forte, talvez um dia eu simplesmente diga o quão fraca eu sou e o quanto eu tenho vontade de simplesmente desabar de tanto chorar. E nesse dia, talvez eu saiba de vez quem vai me socorrer.
Dizer um "eu te amo, conta comigo sempre" todo mundo diz, ou pelo menos pensa em dizer pra se fazer de simpático (a). Eu apenas queria saber quais deles são verdade.
Se um dia eu desabar, será mesmo que eu vou poder correr pra você e desabafar?
Não peço que me ame, nem que goste de mim, só peço sinceridade em suas palavras e respeito em suas atitudes.
Porque se algum dia eu realmente não aguentar mais, eu quero poder contar com você. E quero que não me magoe como tantos (as) outros (as) fizeram.

E se eu não pudesse mais aguentar, o que você faria?

O vento quente soprava e a enquanto estava lá, sentada olhando para o céu, ela apenas pensava e respirava baixinho. Refletia no quanto a sua vida havia mudado, em quantas chances ela havia deixado passar e em quantas tantas outras ela tinha se agarrado.
Pensava em seu futuro e em como tudo seria daqui pra frente. Ela tinha medo mas ao mesmo tempo seu coração se enchia de esperança. Sabia que algumas pessoas que amava ficariam para trás e que tantas outras continuariam em sua vida. Tinha medo de como seria a separação e esperava que tudo desse certo.
Era primavera mas as flores ainda não haviam saido, não para ela.
E ela continuava lá, sentada. Por um segundo alguns pensamentos ruins se passaram pela sua cabeça, mas não deixou que esses a perturbassem e acabou deitando.
Seus olhos foram fechando, sua mente ainda vagava. Encontrou-se dormindo um sono leve e ao mesmo tempo intenso, sentia seus cabelos ao vento, sentia uma brisa suave por seu corpo e sonhava com todo seu passado e futuro se misturando.
Ela acordaria em breve, acordaria melhor, mais feliz. Acordaria de vez para a vida.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Hoje eu descobri que algumas amizades simplesmente não são pra sempre. Notei que o fim de um relacionamento não significa o fim de um sentimento.
Talvez hoje eu tenha notado que o mundo não é tão rosa quanto parece e que as vezes é preciso cair para poder levantar e subir cada vez mais. O mundo não vai parar para você arrumar seu coração quebrado ou a sua confiança em pedaços.
Tudo que vai volta e tudo que é realmente importante permanece por muito tempo.
Por mais que tudo esteja dando errado o jeito é levantar a cabeça, respirar fundo e notar que não é o fim, talvez seja apenas o começo de uma vida nova e de um futuro feliz.
O mundo gira, o tempo passa a cada segundo e cada lágrima te diz apenas o quanto você está perdendo. Não se preocupe com o que você está perdendo. Concentre-se em tudo o que você ganha a cada segundo, a cada oportunidade que se abre na sua frente. Julgue mais alguém por suas atitudes e não por sua beleza. Aproveite seus amigos o máximo que puder, alguns se afastam a um ponto de se tornarem apenas lembranças boas, então faça com que tenha muitas e muitas lembranças. Viva como se fosse seu último dia, sorria, por mais que esteja morrendo de vontade de chorar, não por falsidade, mas por saber que você é maior que os seus problemas, lágrimas não te levam a lugar algum e ainda te dão rugas!
Talvez tudo esteja dando errado agora, mas isso é só uma página do seu livro, da sua vida e você ainda tem um livro inteiro para escrever!
Hoje eu notei que eu simplesmente não posso ficar parada chorando. Na verdade hoje eu notei que tudo tem um porque e que agora é hora de seguir em frente.
E a partir de hoje, começa um novo capitulo, uma nova vida, com novos sonhos e novas expectativas.


quinta-feira, 2 de setembro de 2010


Ela sabia que tinha sido a causa de tudo, sabia que toda a culpa era dela e que na verdade era algo que ela esperava, por que tinha certeza de que iria acontecer.
Ela tinha tanta certeza disso que aconteceu, mas em vez de ficar aliviada, ela ficou com um sentimento ruim em seu peito. Ela não tinha idéia do que era aquilo, ela não conseguia imaginar porque se sentia assim, e enquanto tentava descobrir o que era, ela estava bem, inteira, composta.
Até que uma hora, conversando com si mesma, ela notou o que era, olhou a sua volta, se viu totalmente sozinha, vasculhou em sua mente alguns nomes, pensou em alguns telefones para ligar, mas mesmo assim, ainda se sentia sozinha, completamente. Apenas ela e todas as suas idéias confusas e então ela chorou.
Ela chorou com dor, com tristeza e frustração.
Ela sabia que por mais que aquilo doesse tanto nela, era o melhor a ser feito, mas ela se sentia tão sozinha, tão desprotegida.
Ela não sabia o que fazer, as músicas não ajudavam, as pessoas só queriam confortar e acabavam atrapalhando sem querer.
Hoje em dia ainda dói, mas ela sabe que vai passar. Ela não sabe quando vai passar, ela não sabe por quanto tempo ela vai ter que esperar pra passar, mas ela sabe que vai passar. Tem que passar.
E ela vai superar, mas enquanto isso, ela ainda esta lá, chorando e sozinha, esperando que o mundo pare para ela se acalmar.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

make your choice :*



as vezes fico impressionada comigo.
eu espero tanto por algo e quando finalmente eu consigo eu simplesmente tenho vontade de jogar tudo pro alto e seguir outro caminho.
hoje em dia por mais que eu me sinta feliz, alguma coisa me diz que eu não estou feliz por completo, alguma coisa me diz que eu tenho que mudar algumas coisas e eu sei exatamente o que é mas eu não quero assumir isso, na verdade, eu não tenho coragem pra isso.
um dia desses eu postei sobre o medo e como as pessoas se deixavam consumir por esse sentimento e aqui eu estou.
consumida pelo medo, por não querer errar, não querer arriscar. por mais que eu saiba o que é melhor pra mim eu simplesmente não consigo seguir esse caminho.
se alguém me puxasse e me dissesse "ACORDA GAROTA, VAI SER FELIZ" eu ia pensar que era algum maluco, mas eu ia saber que ele tava falando a verdade.
hoje em dia eu não sou feliz por completo e eu sei que o motivo disso é o meu medo.
hoje em dia eu me conheço o suficiente pra dizer o que eu gosto e o que eu detesto mas pelo jeito eu não me amo o suficiente pra fazer isso valer.
acho que o que eu preciso é de um tempo. um tempo pra mim; um tempo pra eu me conhecer melhor e aprender a me amar e respeitar mais.
acho que hoje, mais do nunca, eu preciso crescer, amadurecer e aprender que a vida não é um mar de rosas.
esses dias um amigo meu me disse: "nessa vida, em algum momento, você vai magoar alguém e alguém vai te magoar também".
ele falou a verdade, agora alguém me explica o que falta pra eu poder aceitar isso.
as vezes eu acho que na verdade eu to feliz e to querendo estragar tudo.
as vezes eu acho que na verdade eu nem provei daquilo que chamam de felicidade.
eu só queria saber porque meu coração não me deixa dormir bem toda noite, eu queria entender o que me aflige de verdade e poder tirar essa agonia de dentro de mim.

gossip girl vicio




And who I am?
That is a secret I'll never tell

You know you love me
xoxo
gossip girl :*
ela ainda não sabia o que queria mas sabia que com certeza não era aquilo.
ela tinha tudo pra dar certo, era inteligente, praticava esportes, uma verdadeira garota exemplar.
mas de algum jeito aquele mundo a fascinava, era todo mundo tão lindo, tão legal e tão invejado. ela queria estar ali, ser parte daquilo.
queria ser desejada também, "amada" também, queria ser invejada e saber de todos os pequenos dirty little secrets.
ela sabia que toda aquela felicidade não era muito real, sabia que aqueles sorrisos, brilho e festas tinham um preço.
ela se arrumou, ela mudou a roupa, o cabelo e o olhar. já não tinha certeza de quem era mas se sentia melhor, achava que de algum modo estava dentro de um padrão.
ela se enturmou, começou a sair, a beber e ficar com caras que não conhecia e amiga de pessoas que não confiava.
suas notas cairam, seu esporte preferido virou a fofoca e seu mundo extraordinário virou algo fútil e vazio.
ela sabia que estava afundando cada dia mais e quanto mais a sua vida ir pro buraco, mais invejada e desejada ela se tornava.
ela sentia falta de quem era, sentia falta da sua vida calma, mas agora, não tinha mais jeito, ela fazia parte daquilo tudo, ela era aquilo tudo.
seu sonho do mundo de plástico se realizou, a sua felicidade não.
hoje em dia ela da sorrisos falsos e sai para esquecer dos problemas. hoje em dia ela tem problemas.
sabe de todos os segredos, dos mais sujos, de todo mundo e ao contrário do que pensava, isso não a fez ser feliz, e sim angustiada em saber o que aquelas pessoas eram capazes e com medo de se tornar alguém assim.
ela não sabia, mas já tinha se tornado.
o que eu espero da vida? eu espero uma vida plena, feliz e tranqüila.
eu espero saber que posso contar com as pessoas que dizem que estão ao meu lado e que posso ajudar alguém que precise de mim.
eu quero uma vida rodeada com os meus familiares que são sempre tão importantes e essenciais.
eu espero uma vida com realizações profissionais, amorosas e sociais.
eu quero ser feliz acima de tudo, eu quero viver intensamente, aproveitar cada chance e cada brecha que se abrir em minha frente.
eu quero poder chegar ao fim de tudo falando: "valeu, e muito, a pena" !
eu quero saber que no final de tudo tem um significado e que por mais que as pessoas digam que eu não va conseguir, eu possa sim alcançar meu objetivos e dizer que nenhum sonho é impossível.
eu quero uma vida que faça sentido, que me leve a sentir felicidades, tristezas, saudades e dor, mas que me faça ver que tudo tem um porque.
o que eu mais quero é ser feliz e se for pra ser assim, já tá tudo bem *-*






















feliz o homem que sabe valorizar uma mulher. Este sim, pode chama-la de sua, não pelo sentimento de posse, mas por ela não querer ser de mais ninguém.

I invented sex :*

Chega ser engraçado a cara de algumas pessoas quando o assunto é sexo.
Dizem que sexo é simplesmente a melhor coisa do mundo, que não tem como não fazer e blablabla, outros ficam mais encabulados que tudo e dizem que preferem não falar sobre "aquilo".
Hoje em dia com o mundo globalizado e todas as informações que as pessoas tem que absorver durante o dia, o sexo acabou virando algo normal, que se passa em novelas e seriados como se fosse um dia no parque. Cenas de sexo já não espantam mais como antigamente e a vulgaridade feminina começou a ser apreciada por muitos.
Estranho a maneira como algo tão primitivo e com um só propósito, continuar com a espécie humana, virou algo tão banal. O que antes era feito por questão de sobrevivência da espécie, virou algo para ser feito com amor e depois algo para ser feito de qualquer jeito para apenas aquele "cara liindo" ou aquela ""gostooooosa" vire um numero de uma lista.
A virgindade atualmente virou motivo de vergonha.
Ridículo. Sexo é algo para ser feito com amor, com respeito. Um momento na vida que tem que ser lembrado como prazeroso em todos os sentidos. Se na novela de tal lugar ou no seriado de tal canal, diz que sexo tem que ser feito de qualquer jeito, com qualquer um, porque dai que fica legal ou bom, acredite, é mentira.
Sexualidade é um tema taboo porque é delicado. E isso já diz tudo.
Aproveite a sua vida, com ou sem sexo, e aprenda que o que realmente importa é a sua mente e a sua consciência e não o que os outros dizem que é certo.

I can't lie, I miss you much

Dizem que a saudade é um sentimento que machuca. O que as pessoas não percebem é que na verdade a saudade é exatamente o oposto disso.
Quando se sente falta de algo ou alguém significa que aquilo ou aquela pessoa te marcou de um jeito tão bom que você simplesmente queria sentir de novo.
Saudade é um sentimento que te faz ver como a sua vida foi boa e como ela pode ser cada dia melhor, ele te faz ver o quanto as pessoas ao seu redor te fazem bem e o quanto é importante a presença delas.
Saudade é a maior prova de que o passado valeu a pena e de que o futuro tem tudo a te oferecer.
Não se refira a saudade como um sentimento que te faz mal, refira sempre como um sentimento que te faz bem, que te consome por algum momento mas que passa e que quando esta presente te faz lembrar do passado com um sorriso no rosto.
Se a sua saudade é de algo que na verdade você tinha que esquecer, lembre-se que tudo na vida acontece por alguma razão e que se por acaso você sofreu é porque tinha que tirar alguma lição.
Não se sinta mal com isso, aprenda a ver com outros olhos e você verá o quanto a saudade e todas as suas lembranças são apenas coisas boas que se acrescentam a sua história (:
algumas pessoas dizem que tem vários amigos sem possuir nenhum. Outras dizem que quem é amigo de todo mundo, não é amigo de ninguém. Eu sou da seguinte opinião:

Ser amigo não é te dizer um oi com sorriso e te contar como foi o seu dia, ser amigo é aprender a compartilhar sua vida, seus sentimentos, não um breve acontecimento que será esquecido daqui poucos segundos. Ser amigo é estar lá na hora da alegria, gritar, pular e comemorar como se a felicidade do outro fosse a sua felicidade e demonstrar que sim, você esta feliz por que o seu amigo esta feliz e isso já te basta. Ser amigo não é ficar lá perguntando porque você esta chorando e sim tentar evitar ao máximo que você derrame uma lágrima sequer, e se derramar, ele vai estar ao seu lado, secando ela e te abraçando, te fazendo sentir que por mais que tudo esteja dando errado você ainda tem ele lá e que por mais que ele não possa fazer nada pra te ajudar ele esta lá, ao seu lado, te abraçando em silêncio e te fazendo sentir que não esta sozinha e muito menos desamparada, fazendo você perceber que a sua dor não precisa ser só sua, que ele pode repartir com você e te fazer esquecer dela. Ser amigo é sentar e rir de bobeiras cotidianas, é ver filmes e séries e simplesmente estar feliz por causa da sua companhia.
Ser amigo é apoiar, aprender e ensinar, é dar broncas quando necessário e abraços quando preciso.
Ser amigo é mais que um "eu te amo" solto no ar. É um "eu te amo e estou sempre contigo" verdadeiro, daqueles que você sabe que é verdade e não duvida.
Ser amigo é um dom, ter um amigo é divino.
Não importa quantos amigos você tem e sim o valor dos que você tem e o quanto eles são importantes na sua vida.
Valorize sempre seus amigos pois não há sentimento mais puro do que uma amizade sincera.

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos e nem promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... e aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que leva-se um certo tempo para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distancias.
E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem da vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, perceber que o seu melhor amigo e você podem fazer coisas ou nada e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa...
Por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a ultima vez que as vejamos.
Aprende que as circunstancias e os ambientes têm influência sobre nós, mas só nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa aonde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe onde esta indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.
Aprende que paciência requer muita pratica.
Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que chute quando você cai, é uma das pessoas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que a mais de seus pais em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia que ela acreditasse nisso.
Aprende que quando esta com raiva têm o direito de estar com raiva, mais isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam mais simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isto.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
Portanto, plante ser jardim e decore sua alma, ao invés de esperara que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar... Que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe... Depois de pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!”


Veronica Shoffstall